Skip to content
O QUÊ

Arma

Em novembro de 1986, um jovem chega a Winden com uma ferida de bala no peito e uma arma enfiada na cintura da calça. Ele está fugindo. Quando vê um casal adolescente ameaçando uma garota, afugenta os agressores embora com a arma.

Pouco depois, ele se desfaz do seu passado, enterrando a arma e um passaporte com o nome Boris Niewald em uma sacola plástica na floresta. Mais tarde, ele se casa com a garota que resgatou e passa a usar o sobrenome dela. O homem agora tem uma identidade completamente nova: Aleksander Tiedemann.

Hannah Kahnwald recupera a sacola na floresta e mantém o conteúdo escondido em uma caixa de metal por mais de 33 anos.

Spoiler alert
Spoiler

Temporada 2 : Episódio 1

Pensamentos suicidas

No verão de 2020, Hannah ainda está de luto pela perda de seu marido Michael Kahnwald e pelo desaparecimento de seu filho Jonas e do amante secreto Ulrich Nielsen. Em desespero, ela aponta a arma para si mesma. Antes que ela possa puxar o gatilho, seu filho retorna e ele está décadas mais velho. O Estranho pega a arma e a guarda.

Spoiler alert
Spoiler

Temporada 2 : Episódio 8

Resgatada à força

No dia do apocalipse, o Estranho força Martha Nielsen a entrar no bunker sob a mira de uma arma, esperando que isso salve a vida dela. Ele então sai, levando a arma.

Spoiler alert
Spoiler

Temporada 2 : Episódio 8

A morte de Noah

Em algum momento, Noah coloca as mãos na arma. Em junho de 1921, ele tenta usá-la para atirar em Adam na sede da Sic Mundus. A arma emperra; parece que o destino não quer que Adam morra assim. Noah abaixa a arma. Sua irmã, Agnes Nielsen, a toma e atira em Noah com a aprovação de Adam.

Spoiler alert
Spoiler

Temporada 2 : Episódio 8

A morte de Martha

Adam viaja imediatamente para o ano de 2020. Na casa dos Kahnwald, conhece Jonas Kahnwald e Martha, que conseguiram escapar do bunker. Adam aponta a arma para o seu eu mais novo e diz: "Eu sou o gatilho que faz de você o que eu sou hoje". Ele vira a arma para Martha e atira. Adam mata a garota que já foi o amor de sua vida - ou possivelmente ainda é.