CRIANÇAS DESAPARECIDAS

Em novembro de 2019, crianças desaparecem em Winden. A polícia está chocada. Há cartazes com fotos em todos os postes. Os pais estão atordoados. Há reuniões comunitárias na escola. A cidade está imersa em tumulto.

Primeiro, Erik Obendorf desaparece. Em seguida, Mikkel, o filho mais novo do policial Ulrich Nielsen, também some. Finalmente, o menino surdo, Yasin. Não há sinal das crianças em lugar algum.

UM GAROTO É ENCONTRADO

ALERTA DE SPOILERS!

No dia em que Mikkel desaparece, a polícia encontra o corpo de um menino morto na floresta — mas não é uma das crianças desaparecidas. Seus olhos estão queimados, ele veste roupas dos anos 1980 e tem um walkman. A fita contém a música “Irgendwie, Irgendwo, Irgendwann” (“De algum modo, em algum lugar, em algum momento"), de Nena. Perto de onde o corpo foi encontrado, Jana Nielsen acha uma embalagem de chocolate Raider.

Mais tarde, Ulrich descobre a verdade: o menino tem uma cicatriz no queixo, exatamente como seu irmão Mads, que desapareceu há 33 anos. O menino é Mads Nielsen. Seu irmão está morto. Ele foi assassinado 33 anos atrás, e o assassino escondeu o corpo no presente.